Quem

Direção de Fotografia

André Carvalheira iniciou sua carreira como assistente de câmera em 1996. Depois, especializou-se em direção de fotografia pela ESEC (Escola Superior de Estudos Cinematográficos) em Paris, França entre 1998 e 2000. Desde então, diirigiu a fotografia de filmes de longa, média e curta-metragens, além de filmes publicitários, programas e documentários para a televisão, clipes, shows, institucionais, campanhas políticas. Teve passagem pela televisão - TV Câmara - onde foi diretor de fotografia de documentários no Núcleo de Vídeos Especiais. Também foi professor de direção de fotografia nas universidades federais de Brasília (UnB) e Niterói (UFF) e da particular IESB (DF). Possui formação sólida e se atualiza em cursos, palestras, leituras e pesquisas constantes. É associado da ABC (Associação Brasileira de Cinematografia).

 

Dirigiu a fotografia dos longas-metragens:

Capitão Astúcia (Dir. Felipe Gontijo)

Ainda temos a Imensidão da Noite (Dir. Gustavo Galvão)

Maria Luiza (Dir. Marcelo Díaz)

Teoria do Ímpeto (Dir. Marcelo Faria e Rafael Moura)

A Repartição do Tempo (Dir. Santiago Dellape)

Comeback - um matador nunca se aposenta (Dir. Érico Rassi)

Uma Loucura de Mulher (Dir. Marcus Ligocki Jr.)

O Último Cine Drive-In (Dir. Iberê Carvalho)

Plano B (Dir. Getsemane Silva)

Uma Dose Violenta de Qualquer Coisa (Dir. Gustavo Galvão)

Nove Crônicas para um Coração aos Berros (Dir. Gustavo Galvão)

Rock Brasília – Era de Ouro (Dir. Vladimir Carvalho)

T-Bone (Dir. Alisson Machado)

Tancredo, a Travessia (Dir. Sílvio Tendler)

Dom Hélder – O Santo Rebelde (Dir. Érika Bauer)